Método pomodoro: entenda como utilizá-lo em seus estudos

4 minutos para ler

Criado no final da década de 1980, pelo italiano Francisco Cirillo, o método pomodoro é uma técnica na qual o tempo é dividido em blocos de 25 minutos, sendo bastante utilizada pelas pessoas que querem melhorar a agilidade do cérebro, aumentar a produtividade, ganhar habilidade, gerenciar o tempo e manter o foco em vários tipos de tarefas, como trabalho, estudo etc.

Essa estratégia, além de evitar a procrastinação, também ajuda as pessoas a se concentrarem, gerando resultados bastante positivos para quem a utiliza.

Quer entender melhor como funciona o método pomodoro? Então, continue a sua leitura!

Para quem o método pomodoro é indicado?

Esse método pode ser utilizado por estudantes, concurseiros, vestibulandos e outras pessoas que apresentam pouca produtividade e baixa concentração, circunstâncias provocadas, principalmente, pelo cansaço ou por demais fatores internos e externos que afetam diretamente o cérebro. Também pode ser usado por quem apresenta algum grau de ansiedade e que não consegue organizar suas tarefas.

Como essa técnica funciona?

A técnica tem como fundamento a premissa de que, separando o fluxo de trabalho em blocos de concentração, é possível melhorar a agilidade cerebral e estimular o foco, levando à otimização do gerenciamento do tempo, o que torna o dia mais produtivo.

A fim de implementá-la, será necessário providenciar um timer ou cronômetro para realizar a contagem regressiva (pode ser o despertador do celular) e organizar a sua lista de tarefas. Após, é preciso seguir o seguinte passo a passo:

Powered by Rock Convert
  • enumere as atividades que estão pendentes;
  • coloque o cronômetro para tocar com 25 minutos;
  • escolha uma das tarefas e se dedique a ela sem interrupções, como usar o celular, verificar as redes sociais, entre outros;
  • assim que o alarme tocar, faça uma pausa de 5 minutos;
  • volte para a atividade após o descanso por mais 25 minutos (pomodoro);
  • a cada quatro pomodoros, realize uma pausa mais longa, em torno de 30 minutos, até voltar para a tarefa;
  • retire a atividade de sua lista depois de finalizá-la.

Ou seja, no método pomodoro, você faz uma atividade por 25 minutos e, quando acabar o tempo, descansa por 5 minutos, de forma sucessiva, até completar o ciclo. Então, você descansa 30 minutos.

Durante o período de descanso, o ideal é não realizar nada que leve ao esforço mental. Nesse caso, você pode beber água, comer algo, fazer um alongamento, relaxar, acessar o celular ou o que entender ser melhor.

Repita essa técnica todos os dias quando precisar estudar, trabalhar ou fazer outras tarefas, e anote quanto pomodoros são necessários para terminá-las. Com o passar do tempo, você vai identificar quantos pomodoros é preciso aplicar para atender suas expectativas.

Quais são as principais vantagens do método pomodoro?

Entre as principais vantagens da sua aplicação, é possível citar:

  • aumenta o foco e a concentração;
  • reduz a ansiedade;
  • mantém a motivação frequente;
  • eleva a determinação para alcançar os objetivos e as metas;
  • gera a conscientização das decisões;
  • aumenta a produtividade;
  • proporciona uma melhor gestão do tempo;
  • aprimora o processo de trabalho e estudo;
  • gera o entendimento de quanto tempo você leva para executar cada tipo de tarefa;
  • permite a compreensão do que o distrai;
  • viabiliza a identificação das principais interrupções ao longo das atividades.

O método pomodoro pode ser aplicado na organização de diversos tipos de tarefa, sendo muito usado por pessoas que estudam para concurso público. No entanto, é importante planejar uma boa rotina de estudos e, assim, alcançar o máximo de concentração e dedicação para atingir o aprendizado adequado de cada disciplina e a tão sonhada aprovação.

Você já utilizou o método pomodoro alguma vez? Deixe seu comentário aqui e compartilhe a sua experiência e opinião sobre o assunto!

Você também pode gostar

Deixe um comentário